“Amado seja por toda parte o Sagrado Coração de Jesus, Eternamente!”

Uma vida inteiramente doada a Deus é o que contemplamos ao olharmos os cabelos grisalhos e ao escutarmos a voz de tom embargado, porém sempre feliz, do Pe. João Crisóstomo. Ele, nesta quinta-feira, esteve em nosso Santuário e presidiu uma Missa em Ação de Graças pelo seu ministério sacerdotal.

Em carta dirigida ao Reitor do Santuário, Pe. Valdecir Soares Santos, mSC, ele explicava as razões pela quais queria celebra essa Missa. “Porque celebrar uma Missa no Santuário de Vila Formosa? ” Perguntava o Padre e dava as razões ele mesmo: “ Eu morei aqui na Vila Formosa como seminarista maior MSC e como jovem sacerdote morei na paróquia com mais três padres, entre a década de 1940 e 1950”. Na mesma carta, continua o Padre: “ Eu acompanhei a cada passo: a construção da primeira e da segunda parte do Santuário, a chegada da Imagem, que foi um momento comovente, as pinturas das paredes, a colocação das lâmpadas votivas e instalação do carrilhão”

Ainda em tom nostálgico e profundamente agradecido, ele continua descrevendo: “Aqui fui ordenado sacerdote no dia 20 de dezembro de 1952, portanto, há 63 anos.” Pe. João exerceu seus primeiros anos de Sacerdócio no Santuário de Nossa Senhora do Sagrado Coração. Por isso, pontifica o sacerdote “como consentimento dos superiores, a quem agradeço de coração, hoje tenho a oportunidade de celebrar neste Santuário que para mim é muito importante”.

Pe. João Crisostómo Neto atualmente vive em Itajubá, no Noviciado dos Missionários do Sagrado Coração. Tem 89 anos. Emitiu seus primeiros votos no dia 02 de fevereiro de 1947. Ordenou-se sacerdote 20 de dezembro de 1952.

Laudate Deo!