Caro internauta,

Iniciamos o mês de novembro com a Festa de Todos os Santos e o Dia de Finados. A busca pela santidade deve ser a grande luta diária de cada cristão. Ser santo não é ser perfeito, mas é ser, a partir dos dons que Deus nos deu, o melhor possível. Buscar ser aquilo que Deus nos fez para sermos. E Deus nos fez para sermos santos. A santidade está bastante ligada com a vocação que temos. Se vivermos bem nossa vocação, estaremos mais perto da santidade que vem de Deus.

Neste mês somos chamados também a rezar pelos falecidos. Quando rezamos, manifestamos nossa confiança num Deus que tem misericórdia com seus filhos.

Os Missionários do Sagrado Coração trazem como missão levar ao mundo o amor de Deus revelado no Coração de Jesus. Quando pensamos no Coração de Jesus, pensamos em Sua misericórdia pelos pecadores, pelos pobres e pelos que sofrem. Pensamos também na misericórdia de Deus principalmente na hora de nossa morte e depois dela.

Crer num Deus que perdoa e ama é fundamental para a nossa saúde espiritual. Muitas pessoas sofrem por não acreditar na misericórdia de Deus, por não se sentirem amadas e perdoadas pelo Coração de Jesus. Diante disso, é missão dos Missionários do Sagrado Coração instruir sobre a verdadeira espiritualidade que nasce do Coração de Jesus, que acolhe todas as pessoas que buscam a salvação. No Coração de Jesus está a revelação do coração amoroso de Deus. Quem olha para o Coração de Jesus conhece o coração de Deus, isto é, quem conhece Jesus, seus ensinamentos, seus gestos, sua forma de dar a vida por nós, conhece a Deus.

Evangelizar é ensinar o que o Evangelho diz sobre Deus. Deus é o Pai Misericordioso (Lc 15,11-32). Estamos terminando o “ano da misericórdia” proposto pelo Papa Francisco, mas continuaremos acolhendo em nós a misericórdia de Deus.

Quando rezamos pelas almas, temos, por pressuposto, que elas estão nas mãos de Deus e que nossa oração vai ao encontro de um Deus cheio de misericórdia que quer salvar a todos. Assim, nossa oração se torna mais confiante.

O Coração de Jesus está intimamente ligado com a salvação das almas. Só por nossas próprias forças não somos salvos, mas, depois da entrega de Jesus na cruz e de seu Coração transpassado, temos certeza, em Cristo, que receberemos d’Ele a nossa salvação.

Caro internauta, eis uma missão para novembro: buscar a santidade de vida e rezar pela salvação das almas.

Servi ao Senhor com alegria!

Pe. Manoel Ferreira dos Santos Junior, MSC
(Superior Provincial)