Caro Internauta,

No mês de outubro, a Igreja reflete sobre a missão e quer lembrar a todos que ela é essencialmente missionária e a missão, sua parte integral. Foi graças à missão de outras pessoas que nós recebemos o presente da fé cristã. Por isso, cada cristão deve ser evangelizador do povo de Deus.

Às vezes nós pensamos que vivemos num país cristão católico e que todas as pessoas já foram evangelizadas. A realidade nos mostra o contrário. Muita gente, inclusive pessoas que participam das missas, ainda não assumiram o Evangelho como parte fundante de sua vida. Muitos não conhecem a beleza e os fundamentos de nossa Igreja e por isso acabam até mudando de religião. Outros, ainda, não foram tocados pela mensagem cristã e só o serão pelo testemunho e a pregação de nossos leigo (a)s comprometido(a)s. Quantas pessoas ainda não aprenderam a rezar e gostariam muito que alguém as ensinasse.

No mês de setembro, passado, estive em Moçambique e percebi que a maioria do povo moçambicano nunca ouviu falar de Jesus Cristo. Temos muita missão pela frente.

Toda pessoa humana tem necessidade de Deus e da mensagem cristã. A mensagem cristã deve ser um presente para a vida das pessoas. Todo batizado deve pregar o Evangelho em qualquer tempo e lugar.

A mensagem cristã traz sempre esperança e alegria às pessoas. Vale a pena evangelizar, vale a pena ser evangelizado. O Evangelho nos orienta para a justiça e solidariedade; cria laços de amizade e de amor; ensina-nos  a perdoar e nos ajuda a crescer como pessoa humana e de fé. Por isso, a Palavra de Deus é sempre boa notícia.

Ser missionário é tornar-se discípulo e apóstolo. Discípulo pela oração e escuta da Palavra de Deus. Apóstolo pelo anúncio, a todas as pessoas dizendo a elas que são filhas de um Deus que nos ama com amor eterno.

Ser missionário é anunciar a Igreja como um dos meios que nos leva a conhecer melhor o projeto de Deus e que convida todos a viverem o amor em comunidade, tornando a vida mais fraterna e solidária. Ser missionário é viver e anunciar a fé, que temos, a todas as pessoas que nós encontrarmos. O missionário não fala por si mesmo, ele é enviado a falar em nome de Deus, por isso é importante o testemunho de vida, o compromisso com as causas do Evangelho.

Os meios de comunicação social, em especial a internet, podem ser meios privilegiados de evangelização. Aproveite seu tempo para comunicar mensagens de esperança em sintonia com o Evangelho. Não perca seu tempo com mensagens que dividem, que afastam da verdade ou do projeto cristão. Seja um internauta missionário em sintonia com o Coração de Jesus e em nome de Deus.

Amado seja por toda parte o Sacratíssimo Coração de Jesus! Eternamente.

Servi ao Senhor com alegria!

Pe. Manoel Ferreira dos Santos Junior, MSC
Superior Provincial