Entre os dias 15 e 24 de maio, aconteceu a tradicional festa de Nossa Senhora do Sagrado Coração em Itajubá-MG. Na sua XVII edição, a festa deste ano teve como tema: “Eis aqui a Serva do Senhor! (Lc 1, 38)” e a comunidade procurou viver toda essa festa inspirada por esse sim da Virgem Maria e pelo espírito de oração e acolhida conforme a exortação feita pelo Pe Benedito Ângelo Cortez, padre responsável pela comunidade, na missa de abertura da festa.

A cada noite da novena uma comunidade ou paróquia da cidade de Itajubá ajudou na preparação da liturgia e das homenagens à Nossa Senhora, que encantaram a todos os participantes e os ajudaram a aprofundar na espiritualidade mariana. Foi uma riqueza!

No dia 24 houve uma bonita procissão, que iniciou na comunidade Nossa Senhora Aparecida, Vila Vicentina, e seguiu até a comunidade Nossa Senhora do Sagrado Coração, onde a imagem de Nossa Senhora foi recebida entre orações e cantos. A missa foi presidida pelo superior provincial Pe Manoel dos Santos Júnior, concelebrada pelos padres Benedito Ângelo Cortez, Edvaldo Mendonça, João Crisóstomo Neto e animada pelo coral infantil do Centro de Apoio Nossa Senhora do Sagrado Coração, que emocionou a todos, tanto pela beleza das músicas quanto pela coroação de Nossa Senhora, na qual se ressaltou o amor e a devoção da família Chevalier à Nossa Senhora do Sagrado Coração, cumprindo assim o desejo do Pe Júlio Chevalier: “Em gratidão à Maria eles a verão como sua fundadora e a associarão à todas as suas obras, fazendo-a ser amada de uma maneira especial.”

O clima de fé e alegria prosseguiu também na parte social da festa, onde muitas pessoas puderam se encontrar, confraternizar e provar as deliciosas iguarias da cozinha mineira, preparadas com muito carinho por um verdadeiro exército de colaboradores num espírito de serviço, de oração e de muito bom-humor.

A festa não termina, agora ela continua em cada comunidade e em cada família que experimentou o amor do Sagrado Coração de Jesus em união com Nossa Senhora. Que a perfeita discípula de cristo nos ajude a manter viva a chama da fé, vivida nesta festa, no cotidiano de nossas vidas.

Texto: Everton da Silva Albuquerque, Noviço MSC