A construção de uma nova igreja requer a celebração de um rito solene, no qual se implora a bênção de Deus para que o lugar edificado com pedras seja sinal visível para os fiéis de uma casa de Deus, Templo Sagrado. Nesta intenção, o Cardeal Odilo Pedro Scherer presidiu a celebração do rito da Dedicação da Igreja e do Altar do Santuário do Sagrado Coração de Jesus em Sufrágio das Almas, no bairro da Ponte Pequena em São Paulo, na noite do dia 5 de março.

De acordo com o administrador paroquial, padre Fernando Clemente, MSC, após uma revisão no Livro de Tombo, teve-se conhecimento de que a paróquia ainda não havia celebrado o rito, mesmo depois de 62 anos de sua inauguração. Essa foi uma oportunidade para também dedicar ao Senhor o novo altar que foi construído.

A celebração da dedicação tem um simbolismo muito forte com a vida cristã. A aspersão de água benta, a unção do altar e das colunas, o incenso, as velas, tudo faz lembrar que somos templos do Senhor, ungidos e iluminados para ser luz no mundo.

Na mesma celebração realizou-se o rito de posse do novo administrador paroquial, Pe Fernando Clemente Santos, MSC e a apresentação do vigário paroquial Pe Ailton Damasceno, MSC. O Superior provincial dos Missionários do Sagrado Coração, Pe Edvaldo Rosa de mendonça, procedeu a leitura das provisões, a seguir ambos fizeram sua profissão de fé e o juramento de fidelidade, ficando assim empossados para cuidar dessa casa de Deus e de irmãos, na qual tantos devotos vem recordar seus falecidos e encontrar descanso no Coração Manso e humilde de nosso Salvador.

Fr. Everton S Albuquerque, MSC