A VEREADORA, OS HOLOFOTES E A CAUSA DEFENDIDA

Por: Reuberson Ferreira,MSC* A morte de qualquer pessoa é lastimável. A da vereadora carioca, filha da maré, negra, mãe solteira, Marielle Franco torna-se mais ainda pela causa que defendia, pela bandeira que desfraldava. Olhando à uma certa distância, percebe-se que lutava pelos direitos das minorias, sem vitimíssimo ou revanchismo. Sob o fervor de sua morte, pessoas de matizes religiosas diversas (incluso cristãos), de posturas políticas variadas e convicções pessoais múltiplas questionam porque tanto alarde em torna da morte de Marielle. O alvoroço dá-se porque ela era uma pessoa pública que defendia uma causa popular. Ela foi morta por defender mulheres, pobres, negras, militares – minorias – que tiveram suas vidas ceifadas, seus direitos defraudados. Caso ela ainda estivesse viva seguiria lutando para que essas e outras pessoas não morressem ou não fossem vitimadas. Assim, quando se faz estardalhaço, barulho ou se lança holofotes sobre sua figura, não é porque sua vida seja mais importante. Antes é por causa da luta que ela, no anonimato que gozava até morrer, defendia: a cultura de paz! Em sendo assim, a morte dela não é mais importante do que a do filho de tantas marias que morrem diariamente (incluso, próximo a minha paróquia na periferia de São Paulo). Antes a morte dela torna-se simbólica. Ensina-nos que, para alguns, nenhuma forma de resistência à cultura posta é possível. Que existem pessoas que não querem que os que se incomodam com essa situação sigam vivendo. Caso alguém se oponha a essa cultura, deve também morrer! Todas as vidas e todas as mortes deveriam ser importantes, respeitadas. Outros, assim como Marielle deveriam lutar para que não...

Festa da Cátedra de São Pedro

Hoje a Igreja celebra a festa da Cátedra de São Pedro, um convite a recordar as palavras de Jesus: “E Eu digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja, e as portas do inferno não prevalecerão sobre ela”(Cf.Mt 16,18). Hoje a Igreja celebra a festa da Cátedra de São Pedro. É uma comemoração que remonta ao século IV recordando o primado e a autoridade de São Pedro, primeiro Papa da Igreja Católica. Esta festa nos recorda da autoridade dada por Jesus a Pedro, quando diz: “E Eu digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja, e as portas do inferno não prevalecerão sobre ela”(Cf.Mt 16,18).  Porém esta autoridade concedida a Pedro, nos recorda que primeiro ele realizou a sua profissão de fé ao dizer “Tu és o Cristo, Filho de Deus vivo” (Cf. Mt 16,16). A palavra “cátedra” significa assento ou trono e é a raiz da palavra catedral, igreja onde governa o bispo. Cada diocese no mundo existe uma catedral, de onde o bispo, que é a autoridade máxima naquela igreja local, deve conduzir com caridade o povo a ele confiado. O Papa é o bispo de Roma, governa esta diocese, de onde confirma e une toda Igreja no ministério petrino. A Cátedra que está na Basilica de São Pedro, em Roma, foi dada de presente ao Papa João VIIIpelo Rei Carlos, de França,  conhecido como  o calvo. Ela foi dada ao papa por ocasião da coroação do rei como imperador romano no ocidente. E esta cátedra é conservada como  uma relíquia, em uma composição barroca, obra do artista Gian Lorenzo Bernini construída entre 1656 e 1665....

Nota de esclarecimento sobre a utilização de recursos do Fundo Nacional de Solidariedade (FNS)

NOTA DE ESCLARECIMENTO  A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil-CNBB esclarece que, ao contrário do que se veicula em redes sociais, não financiou projeto algum de “ONGs abortistas”, nem de “grupos terroristas”, com recursos do Fundo Nacional de Solidariedade (FNS), constituído pela coleta da Campanha da Fraternidade-2017. Um dos projetos financiados em 2017 foi o V Encontro dos Signatários da Plataforma por um Novo Marco Regulatório para as Organizações da Sociedade Civil, realizado em São Paulo, no mês de outubro de 2017. O referido projeto foi apresentado pela Plataforma que, por não possuir CNPJ, recorre às organizações da sociedade civil que compõem sua Secretaria Executiva a fim de firmar acordos para a execução de seus projetos que implicam doação de recursos financeiros. Seguindo essa prática, a Plataforma indicou a Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais (ABONG), uma de suas entidades signatárias, para assinar a parceria com o Fundo Nacional de Solidariedade, constando, apenas por isso, o nome da ABONG no site do Fundo como entidade responsável pelo projeto. O financiamento, portanto, foi para a Plataforma no valor de R$ 40.500,00 (quarenta mil e quinhentos reais) e não para a ABONG, conforme se tem divulgado, por má fé ou desinformação. A Plataforma foi constituída em 2010 e reúne mais de cem instituições não governamentais e religiosas como a Associação Nacional de Educação Católica (ANEC), Caritas Brasileira, a Coordenadoria Ecumênica de Serviço (Cese), a Pastoral da Criança, a Pastoral da Pessoa Idosa. Trata-se de um fórum de articulação de entidades, formado com o objetivo de construir, em diálogo com o Estado, um marco regulatório que favoreça a atuação das Organizações da Sociedade Civil, num ambiente legalmente favorável e adequado...

Igreja no Brasil anuncia solenidades móveis do ano

Nas celebrações deste domingo, dia 7 de janeiro, quando foi celebrada a Solenidade da Epifania do Senhor, foi feito o anúncio das solenidades móveis deste ano de 2018. Centro do Ano Litúrgico, o Tríduo Pascal culmina no Domingo da Páscoa, este ano em 1º de abril. Eis o anúncio realizado no último domingo: ANÚNCIO DO DIA DA PÁSCOA Irmãos caríssimos, a glória do Senhor manifestou-se, e sempre há de manifestar-se no meio de nós até a sua vinda no fim dos tempos. Nos ritmos e nas vicissitudes do tempo recordamos e vivemos os mistérios da salvação. O centro de todo o ano litúrgico é o Tríduo do Senhor crucificado, sepultado e ressuscitado, que culminará no Domingo da Páscoa, este ano a 01 de abril. Em cada Domingo, Páscoa semanal, a Santa Igreja torna presente este grande acontecimento, no qual Jesus Cristo venceu o pecado e a morte. Da celebração da Páscoa do Senhor derivam todas as celebrações do Ano Litúrgico: as Cinzas, início da Quaresma, a 14 de fevereiro; a Ascensão do Senhor, a 13 de maio;Pentecostes, a 20 de maio; o primeiro Domingo do Advento, a 02 de dezembro. Também nas festas da Santa Mãe de Deus, dos Apóstolos, dos Santos e na Comemoração dos Fiéis Defuntos, a Igreja peregrina sobre a terra proclama a Páscoa do Senhor. A Cristo que era, que é e que há de vir, Senhor do tempo e da história, louvor e glória pelos séculos dos séculos. Amém.   Eventos e iniciativas da Igreja no Brasil também acontecem com base nas solenidades celebradas na liturgia. A Campanha da Fraternidade é aberta junto com a Quaresma, portanto, em...

Análise de conjuntura de 2017: governo programado para devastar direitos

Imposto pelo mercado, o governo Temer devasta os direitos individuais e coletivos dos mais pobres; ataca e depreda os territórios dos povos indígenas e quilombolas para abastecer os cofres dos mais ricos. O neoliberalismo parece ter alterado – no Brasil – uma de suas premissas: a de se fazer, através do Estado, a gestão das desigualdades. Pretende, com isso, melhorar os rendimentos do mercado e favorecer os setores da economia que enxergam na terra e no meio ambiente apenas as potencialidades para a lucratividade, contrapondo-se, portanto, a qualquer iniciativa de proteção e preservação dos recursos naturais....

Caros da Família Chevalier..

 Irmãos, hoje (5 de dezembro), a comunidade de teólogos internacionais em San Salvador, América Central fez uma viagem à Costa del Sol, especificamente no Oceano Pacífico. Todos ficamos muito felizes em comemorar o fim do ciclo na Universidade UCA. Às 9h30, uma onda ou uma corrente afastaram o jovem Djay Ivranson Joseph MSC, um haitiano de 30 anos. Muitas pesquisas foram feitas e Djay ainda está desaparecido. Todos estamos aqui esperando que Djay volte vivo, embora tememos o pior … estamos quase em silêncio, clamando por Deus e esperando um milagre de Nossa Senhora do Sagrado Coração. Ajude-nos com a oração, por favor e compartilhe esta informação. Abzalón Alvarado Superior...