Paz a esta casa! (Lc 10,1-9)

Paz a esta casa! (Lc 10,1-9) Em toda a história a humanidade, nunca se fez ouvir tão forte o clamor pela Paz! Paz que é dom de Deus e nos foi gratuitamente oferecida na pessoa de Jesus Cristo, nossa Paz (cf. Ef 2,14). Quando Jesus nasceu em Belém de Judá, o hino cantado pelos anjos e ouvido pelos pastores falava exatamente de paz: “Glória a Deus nas alturas e paz na terra aos homens por Ele amados”. A presença do Filho de Deus entre os homens – muito mais que o arco-íris traçado no céu, após o dilúvio – era o sinal de que a paz estava ao nosso alcance. Fora reatada a nossa Aliança com Deus. Séculos passaram, a areia correu pela ampulheta e… estamos em guerra. Guerra econômica entre Norte e Sul, guerra política entre Islã e Ocidente, guerra afetiva entre marido e mulher. A TV fala de ataques terroristas. As imagens mostram sangue e mutilações. As páginas policiais registram o julgamento do jovem que matou os próprios pais. Onde foi que perdemos a paz? Um dia, entrando na cidade, Jesus chorou sobre Jerusalém, a “Cidade da Paz” que ele tanto amava: “Ah! Se neste dia tivesses conhecido como encontrar a paz! Mas infelizmente isto ficou oculto aos teus olhos! […] Não reconheceste o tempo em que foste visitada!” (Lc 19,42.44.) O tempo tinha passado. A oportunidade fora perdida. Será que também nós iremos desperdiçar a “visitação” que Jesus Cristo nos faz? No Evangelho de hoje, os discípulos são enviados dois a dois. De casa em casa, como portadores de uma mensagem bem específica. Ali chegando, devem anunciar:...

CONSELHO GERAL MSC

O Nosso Capítulo Geral dos MSC se encaminha para as fases conclusivas e temos muitos motivos para celebrar, a iniciar pelo aniversário de nosso novo Superior Geral: Padre Abzalón Alvorado Tovar. Uma das principais tarefas do capítulo de hoje foi a aprovação dos membros do Conselho Geral propostos pelo superior geral. Abzalón descreveu os seus critérios para aqueles que ele convidou para estar no seu conselho. Ele apresentou os cristérios adotados para sua escolha: que fossem testemunhas claras de vivência do carisma MSC, compromissados com a missão, que tenham abertura, habilidades e capacidades pessoais para esta missão e que representem as três áreas da congregação no mundo: 2 membros para Ásia, Austrália e África; 1 mebro para Europa e 1 membro para América. Ele também mencionou a necessidade de contar com pessoas de diferentes gerações e, assim, poder combinar o entusiasmo dos jovens com a sabedoria dos mais velhos. Depois de um tempo de oração e discernimento, o Capítulo voltou para votar cada um dos nomeados. Todos foram eleitos, aceitaram o convite do Superior Geral e foram recebidos generosos aplausos. Segue uma pequena biografia de cada um deles: André claessens nasceu na Bélgica em 1950, fez sua primeira profissão religiosa em 1970 e foi ordenado em 1977. Ele trabalhou em missões nas áreas de língua francesa da África e foi por um tempo o secretário executivo da Rede Africana de Fé e Justiça. Ele foi Superior Provincial na Bélgica. Christopher Chaplin nasceu na Austrália em 1961, consagrou-se como um msc em 1984 e foi ordenado em 1988. Chris trabalhou em paróquias na Austrália e em formação na União do...

Papa aos missionários do S.C.J: “Jamais ceder ao mal do clericalismo”

A Sociedade dos Missionários do Sagrado Coração de Jesus foi fundada em Issoudum, França, em 1854, pelo Padre Júlio Chevalier, no mesmo dia da proclamação do Dogma da Imaculada Conceição de Maria. Em seu discurso aos Missionários, o Papa recordou o lema do Capítulo: “O Senhor guardou o melhor vinho até agora” (Jo 2,10) e explicou: “Se, de um lado, vocês estão cientes e agradecidos pelo precioso patrimônio de projetos e obras apostólicas – que o carisma proporcionou neste século e meio de vida do Instituto… – de outro, vocês podem perceber que as suas ricas potencialidades, em benefício da Igreja e do mundo, não se esgotaram”. Por conseguinte, continuou o Papa, vocês saberão extrair, da fonte genuína e inesgotável do seu carisma, novo impulso, escolhas corajosas, ações criativas da missão que lhes foi confiada. As mudanças atuais e os novos compromissos com a evangelização da Igreja são as condições que tornam possíveis os novos modos de oferecer o “melhor vinho” do Evangelho, que causam alegria e esperança a tantas pessoas. E Francisco acrescentou: “Se a inspiração original do Fundador era a de difundir a devoção ao Sagrado Coração de Jesus, hoje vocês a compreendem e a atualizam, mediante novas formas de obras e ações, que testemunham o amor misericordioso de Jesus a todos, sobretudo aos mais necessitados do mundo. Porém, para que isso seja possível, vocês devem retornar ao primeiro e único amor: Jesus Cristo”. Neste sentido, o Santo Padre exortou os membros do Instituto a manter o olhar fixo no Senhor, aprendendo com Ele a amar com o coração humano, a buscar e a cuidar das ovelhas...

Encontro Nacional de Teologantes MSC

No último fim de semana, seguindo o feriado em que celebramos a Independência do Brasil, os teologantes Missionários do Sagrado Coração de todo o Brasil estivemos reunidos para uma convivência interprovincial e um momento de reflexão com o tema: Teologia e Política. A Província MSC de São Paulo acolheu os dezenove participantes do encontro no Teologado Padre Hélio Pontes, Vila Formosa, São Paulo-SP. Foram bem intensas as oportunidades de confraternização, não só entre os confrades, mas também com as Fraternidades Leigas da Vila Formosa e da Ponte Pequena, e com as nossas irmãs de carisma, as Filhas de Nossa Senhora do Sagrado Coração. Também pudemos conhecer alguns pontos importantes da grande metrópole, como a Catedral da Sé, na qual também visitamos o túmulo de D. Paulo Evaristo Arns; o Pátio do Colégio e o Mercadão Central. Os temas de reflexão foram trabalhados pelo padre Júlio Lancelotti, que na sexta feira nos presenteou com o seu rico testemunho de vida e trabalho social, e no sábado pelo padre Edélcio que partilhou conosco um panorama da ação da Igreja em relação à política desde os tempos da Independência até aos dias de hoje, trazendo elementos também de sua recente pesquisa sobre a atuação do Padre Comblin. Deste modo, mais uma vez demos passos em direção a uma integração eficaz entre as três províncias, partilhando experiências e compartilhando o carisma. Roguemos a Nossa Senhora do Sagrado Coração, para que tenhamos sempre em vista o Coração de seu Filho e, em nome dele, anunciemos em todas as partes o amor e a misericórdia de Deus....

Encontro Nacional De Postulantes Msc

Tendo como tema: “O papel da mulher na Filosofia e na Igreja”, aconteceu entre os dias 7 e 10 de setembro, em são Luís -MA, o encontro nacional dos postulantes MSC, reunindo formandos das províncias de São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba. No primeiro dia, tivemos como palestrante, a Teóloga e médica Cíntia Assunção. A reflexão se pautou na história e importância das mulheres na história da igreja, desde o povo escolhido no antigo testamento até os dias atuais. Nesse mesmo dia, à tarde, todos os formandos visitaram o Santuário de São José de Ribamar, padroeiro do Maranhão. No dia seguinte, com o tema de Mulher e a filosofia, a assessoria ficou por parte da professora Maria Celeste, que abordou pensadoras do século XIV e XVI, até então desconhecidas, a filosofia feminista do século XX e o papel da mulher na sociedade contemporânea. Encerrada a atividade formativa do segundo dia, fomos conhecer as belezas históricas da cidade de São Luís: igrejas dos séculos XVI e XVII, museu de história do Maranhão e os famosos casarões de azulejos inspirados na arquitetura portuguesa. À noite, tivemos uma noite cultural apresentando um pouco da comida e da dança típicas da ilha do amor. No último dia, um momento de partilha das experiências e um almoço encerraram as atividades do encontro. Mais uma vez o encontro renovou a vocação de cada um, trouxe dias de alegria, brincadeiras, partilhas e comunhão. Que nossa senhora do Sagrado Coração, a mulher que tudo faz em nosso favor, interceda por cada postulante de nossa Congregação, mostrando a eles o amor que brota do coração de seu...

Primeira Semana do Capítulo Geral MSC

“Conversão e Transformação” Organização e procedimentos: A primeira semana do Capítulo Geral MSC cumpriu fielmente o que fora agendado: duas sessões diárias com a participação de 67 confrades, representando os MSC do mundo inteiro. As atividades sempre culminavam com a Santa Missa, à noite, o jantar e convivência fraterna. Nas sessões capitulares se respira um clima de confiança e escuta, com tempo suficiente para retomar as questões lançadas e tomar posição quando é momento de decisão, assim como breves e frequentes reflexões que permitem aprofundar os temas abordados. O Capítulo foi aberto pelo Superior Geral, Padre Marco McDonald, e foram confirmados como secretários: Padres Mitakda e Ruiú, e como Moderadora Capitular a Irmã Mechtild Schneider, MSC. Também foram apresentados os assistentes do secretariado e a equipe de tradutores: Padres Douchin, Londoño, Mulcahy, Lafleur e Summer, e o coordenador da Liturgia: Pe. Fernando Clemente dos Santos. Cada jornada está marcada por um momento significativo de escuta da Palavra na capela. O Evangelho anunciado logo é partilhado em pequenos grupos estabelecidos. Para se trabalhar os temas, formam-se outros grupos, desta vez para discussão, com os nomes de nossos mártires MSC. A dinâmica do Capítulo permite muitos momentos de encontro, diálogo e, de certo, as refeições facilitam também ir conhecendo mais nossos companheiros de diversas línguas e culturas ao redor do mundo. É como se em nós já fosse se cumprindo o desafio de que seja “Amado em todas as partes o Sagrado Coração de Jesus”. Abertura do Capítulo Geral O primeiro dia capitular, uma cerimônia simples na segunda feira 4 de setembro; as velas acesas marcaram o início do encontro que...